Top 7 melhores carros elétricos 2020

Top 7 melhores carros elétricos 2020

O mercado automóvel, no decorrer dos últimos 5 anos, tem sofrido grandes modificações de uma forma muito rápida.

Isto tem-se verificado também graças à aposta das grandes marcas nos veículos elétricos. Desta forma, os anos seguintes irão ser decisivos no mercado automóvel, uma vez que é esperado que a aposta nos veículos elétricos comece a ser cada vez maior, sendo os veículos a motor de combustão cada vez menos comercializados.

O enorme obstáculo para a aquisição deste tipo de veículos, é sem dúvida, o seu preço ainda bastante elevado bem como a sua autonomia ainda muito limitada.

Algumas das vantagens dos carros elétricos

  • Consumo: não precisam de parar para que sejam recarregadas as baterias, uma vez que o motor híbrido faz o ajuste com o motor a combustão;
  • Potência: podem fornecer até 200 cv, isto devido ao ajuste entre o motor a combustão e o motor elétrico.
  • Melhor performance: ao serem assistidos por um motor elétrico, os híbridos apresentam potência instantânea e linear.
  • Apoios e incentivos fiscais: dado emitirem metade dos gases poluentes dos veículos a combustão, o Imposto Único de Circulação (IUC) é inferior ao do veículo a combustível. E com a sua compra pode ainda usufruir de uma redução do Imposto Sobre Veículos (ISV).

Algumas das desvantagens dos carros elétricos

  • Preço: o motivo do custo muito elevado destas viaturas é relativo ao valor consumido na construção das baterias.
  • Manutenção: ao juntar novas peças, são identicamente acrescentados maiores custos ao nível da manutenção, especialmente no que diz respeito às baterias, onde a manutenção ou substituição tem efetivamente um custo muito oneroso.
  • Autonomia bateria: o tipo de bateria usado exige mais carregamentos de energia. E não sendo estas reutilizáveis torna-se, por isso, essencial a compra de novas baterias.
Algumas das desvantagens dos carros elétricos

Melhores carros elétricos

1. Tesla 3

Tesla 3

O modelo mais barato da Tesla foi exibido em 2016.

  • Versão: Standard Range Plus
  • Autonomia: 409 km em ciclo WLTP
  • Velocidade máxima: 225 km/h
  • Aceleração (0/100 km/h): 5,6 s
  • Preço em Portugal: a partir de 48 900

O veículo compacto hatchback é um dos melhores carros elétricos a ser apresentado no mercado.

Um dos pontos fortes é o design, bem como a autonomia e a tecnologia que este automóvel apresenta. De forma a contribuir para o conforto e para o prazer de condução deste automóvel Tesla, existe um favorável grau de personalização dos acabamentos e equipamentos do seu habitáculo.

2. Renault Zoe

Renault Zoe

O fabricante francês exibiu o citadino elétrico em 2012, sendo apresentada a geração em 2020.

Relativamente à geração do veículo citadino 100% elétrico da Renault foi apresentado em Portugal com uma extraordinária autonomia, com design mais audaz e modernos acabamentos. Existem diversos níveis de equipamentos e planos de preços distintos.

Foi redesenhado o cockpit virtual, destacando-se pela apresentação dos bancos mais desportivos, pelo enorme conforto de condução e pela tecnologia apresentada, com ligação 4G, com pesquisa Google e o TomTom como sistema de navegação.

No que concerne à a geração, o seu exterior as diferenças são muito visíveis, especialmente, na parte da dianteira, mas a enorme diferença sucedeu no seu interior. Assim, o painel de instrumentos é novo, bem como os bancos.

A nova geração concede ainda um motor elétrico mais potente de 136 cv e uma nova bateria de 52 kWh, com a autonomia até aos 395 km (WLTP).

O Zoe pode atualmente receber corrente contínua (DC) até 50 kWh, devido a uma nova tomada Type2 oculta por detrás do símbolo da dianteira.

Preço em Portugal: começa nos 23 690 € com aluguer de bateria.

3. Citroën C-Zero

Citroën C-Zero

O Citroën C-ZERO, é um citadino de pequenas dimensões, que se encontra equipado com um motor elétrico com uma potência de 49 kW alimentado por uma bateria de iões de lítio com uma capacidade de 14,5 kWh.

A bateria deste automóvel fornece a energia essencial para alimentar o motor, bem como a climatização e o sistema de aquecimento.

Apresenta a velocidade máxima de 130 km/h e uma autonomia até 150 km.

Recargas do Citroën C-Zero:

  • No seu domicílio através de uma tomada doméstica. Ligação do cabo fornecido a uma simples tomada de 220 volts, carregamento entre 6 a 11 horas;
  • Por meio de um terminal de recarga específico. Caso seja utilizado um terminal próprio de distribuição de uma corrente trifásica de 125 amperes, o tempo de recarga é reduzido a 30 min (80% da carga).

4. Bmw i3

Bmw i3

O veículo elétrico da BMW foi exibido em 2013.

  • Versão: versão base do i3
  • Autonomia: 310 km em ciclo WLTP
  • Velocidade máxima: 150 km/h
  • Aceleração (0/100 km/h): 7,3 s
  • Preço em Portugal: a partir de 42 092

O veículo 100% elétrico da BMW é distinto pela sua forma alta e compacta, conservando as linhas de identificação da BMW com relevos audazes. A autonomia ajusta-se à categoria de automóvel, com 4 lugares e um porta malas médio.

A marca alemã estabeleceu o conforto, a qualidade dos acabamentos e as tecnologias de assistência à condução.

5. Nissan Leaf

Nissan Leaf

O compacto elétrico da Nissan foi exibido em 2010.

  • Versão: Acenta Acess
  • Autonomia: 270 km em ciclo WLTP
  • Velocidade máxima: 144 km/h
  • Aceleração (0/100 km/h): 7,9 s
  • Preço em Portugal: a partir de 22 763

O compacto elétrico familiar de 5 portas continua a ser um dos veículos mais eficazes com a bateria de 40 kWh. O espaço do seu interior tem um imenso destaque, para além do enorme porta malas com capacidade até 400 L.

O habitáculo é ocupado por controlos e controlado pelo centro de infotainment com um enorme ecrã tátil. Pode-se observar um volante bem concebido, bancos com reforços e um cuidado com os detalhes e qualidade de construção.

6. Hyundai Ioniq

Hyundai Ioniq

O automóvel familiar 100% elétrico foi exibido em 2016.

  • Versão: versão base do Ioniq
  • Autonomia: 378 km em ciclo WLTP
  • Velocidade máxima: 165 km/h
  • Aceleração (0/100 km/h): 10 s
  • Preço em Portugal: a partir de 38 000

O automóvel elétrico, berlina 100% elétrico da Hyundai é um dos mais eficazes do mercado. Com este veículo de 5 portas a sua condução é leve e cómoda com um porta malas reduzido com a capacidade de 350 L, preservando, contudo, um espaço interior favorável para os seus passageiros.

Acrescenta ainda as tecnologias de apoio à condução, nomeadamente a plataforma BlueLink, a câmara traseira, o centro de infotainment e acabamentos muito bem concebidos.

7. Peugeot 208

Peugeot 208

O Peugeot e-208 foi pensado de raiz para funcionar como um veículo elétrico, e está equipado com.

  • um grupo propulsor de tração elétrica assenta numa bateria de 50 kWh,
  • disponibiliza 100 kW (136 CV) de potência
  • 260 Nm de torque máximo.
  • a autonomia proposta em ciclo WLTP é de 340 quilómetros.
  • a aceleração dos zero aos 100 km/h executa-se em 8,1 segundos.

Devido ao seu sistema de arrefecimento, a marca francesa assegura que a bateria do e-208 concede uma vida útil maior, com uma garantia de oito anos ou 160.000 km para 70% da sua capacidade de carga.

O Peugeot e-208 não precisa de nenhuma adaptação em termos de acomodação da sua bateria. Desta forma, não se assinala qualquer perda de espaço útil e as versões elétricas acabam por oferecer a mesma habitabilidade e volume do porta malas que os da gama com motores de combustão.

[Total: 0   Average: 0/5]