Aditivos para carro: prós e contras

Aditivos para carro: prós e contras

Provavelmente, já terá visto aditivos para carros, tanto em hipermercados, como em áreas de serviço e oficinas, que poderão ser adicionados ao combustível e ao óleo do motor.

Mas vamos dar uma vista de olhos a alguns aditivos, tipos e funções, e tentar perceber as vantagens da utilização destes produtos.

O que são aditivos para carro

Os aditivos são substâncias que são adicionadas ao óleo do motor, óleo da transmissão e refrigerante, para melhorar as propriedades do seu carro.

De referir que os aditivos não beneficiam a segurança no trânsito da mesma forma que os travões, cintos de segurança ou airbags, etc. No entanto, conferem uma contribuição valiosa para a confiabilidade operacional de um carro. Existem igualmente aditivos especiais, como por exemplo, aditivos que garantem que o óleo diesel permaneça fluido e não se separe em temperaturas extremas abaixo de zero.

Dependendo da propriedade, os aditivos irão manter o motor limpo no seu interior ou irão limpar a sujidade pré-existente.

A título de exemplo e com o decorrer de tempo, podem acumular-se depósitos no sistema de injeção. Esses depósitos fazem com que o veículo perca gradualmente a potência, mas essas perdas passam praticamente despercebidas.

No entanto, poderão vir a ocorrer problemas de funcionamento que exigem uma visita a uma oficina e a inevitáveis reparações dispendiosas.
Sem aditivos, nem o combustível nem o óleo seriam capazes de fornecer a energia necessária. Se os carros modernos fossem abastecidos com combustível sem aditivos, dificilmente chegariam a lugar algum. O óleo do motor sem aditivos teria dificuldade em suportar as tensões e as tensões dos motores modernos, podendo até mesmo causar-lhes danos irreparáveis. Desta forma, os aditivos não são apenas bem tolerados, como são de vital importância para os carros.

Tipos de aditivos existentes para carro

 Os aditivos desempenham muitas funções diferentes, nomeadamente: 
  • devem ter um efeito de limpeza;
  • cuidar dos componentes mecânicos e protegê-los contra o desgaste;
  • contribuírem para melhorar a qualidade, proteger contra a corrosão, minimizar a formação de espuma e aumentar a potência.

Os aditivos para óleos de motor são adaptados especificamente aos requisitos prevalecentes resultantes do conceito do motor e aos requisitos do fabricante de automóveis.

 Distintamente, existem dois tipos diferentes de aditivos. 
  1. o primeiro tipo é adicionado a combustíveis e óleos antes mesmo de saírem da refinaria. Os condutores não terão controlo sobre este processo;
  2. o segundo tipo, serão os aditivos que podem ser adquiridos em retalhistas especializados para a mistura com o óleo do motor ou combustível, de acordo com as instruções do respetivo fornecedor, conferem aos fluidos operacionais propriedades adicionais que, em muitos casos, resolvem problemas e podem evitar reparações dispendiosas.

Portanto, os aditivos adicionais podem ajudar a poupar dinheiro aos proprietários dos carros. Os benefícios dos aditivos podem ser vistos e sentidos rapidamente pelos condutores, nomeadamente, na forma de redução do consumo de combustível ou no funcionamento dos motores de forma mais suave.

 Os seus benefícios indiretos são ainda mais importantes, isto é: 
  • quando o motor, o sistema de óleo e o sistema de combustível são limpos, cuidados e preservados com aditivos, o carro torna-se mais confiável;
  • as reparações dispendiosas são mais prováveis ​​de serem evitadas;
  • a vida útil do carro é estendida, podendo ser economizados vários milhares de euros no decorrer da mesma.

Como tal, os aditivos adicionais são acessórios efetivamente bastante úteis, tanto para motores a gasolina como a gasóleo.

 Nomeadamente para a: 
  • limpeza de injetores;
  • melhoria da combustão através de detergentes de limpeza evitando o depósito de partículas;
  • proteção anti oxidação dos componentes do sistema de injeção (bomba, injetores, etc);
  • redução do consumo.
Produtos para filtros de partículas

Para os carros a Diesel, a título de exemplo, existem produtos para filtros de partículas, de forma a ajudar a prevenir a obstrução do componente, ao realizar a redução para a temperatura mínima necessária para que a regeneração automática do filtro possa ocorrer.

Existem, igualmente, aditivos para o óleo do motor, que podem ser utilizados tanto em motores a diesel como a gasolina. Os mesmos formam uma película lubrificante que se encontra sempre presente entre as peças de metal, o que permite a reduz do desgaste até 50%, conduzindo ao aumento da vida útil do motor e evitando assim problemas e reparações dispendiosas.

 Outros aditivos para carros: 
  • Os aditivos para limpeza da válvula EGR são também muito usados pelas oficinas, evitando desta forma a necessidade de substituição deste componente, estendendo a sua vida útil.
  • Há igualmente aditivos para a limpeza do turbocompressor, não só nos motores a gasolina como também nos a Diesel, bem como para a limpeza do radiador e sistema de refrigeração. Para além disso, também se verifica a existência de aditivos específicos para as fugas de óleo da direção assistida.
  • No que diz respeito à caixa de velocidades encontram-se disponíveis aditivos por forma a melhorar o funcionamento e a baixar o atrito, não só da caixa como também dos diferenciais.

Como devem ser abastecidos os aditivos para carro

Como devem ser abastecidos os aditivos para carro

Subsistem sempre dúvidas sobre quando deverá ser colocada a dosagem de produto.

De acordo com o tipo de carros, seja a gasolina ou a gasóleo, existe um modo adequado cuja proporção vem indicada na embalagem.

  • Diesel
    Deve ser adicionada a embalagem do aditivo, entre 200 e 350 ml, conforme os casos, a cerca de 20 litros de gasóleo que estejam no depósito. A proporção ideal é indicada na embalagem.
  • Gasolina
    Para este caso e sendo o procedimento idêntico, com o carro já na reserva e localizado na bomba, adicionar o produto no depósito, de 250 e 350 ml, conforme as embalagens.

Utilizar normalmente o carro até que luz de reserva se volte a acender, voltar a atestar então o depósito. Como nota: ao gastar o depósito, é efetuada a limpeza.

Conclusão

Antes de proceder à aquisição e à colocação de aditivos no seu carro será sempre aconselhável recorrer, desde ao manual do seu carro, a especialistas em lubrificantes e aditivos ou socorrer-se da sua oficina.

Não tenha a iniciativa de dispor no interior do seu motor ou do seu depósito de combustível qualquer produto sem que tenha a certeza de que o mesmo seja o apropriado e o indicado para o carro. Isto porque, os danos poderão ser irreversíveis e terá que posteriormente acarretar com despesas bastante consideráveis.

Em caso de dúvida escolha os combustíveis aditivados fornecidos pelas gasolineiras, isto porque os aditivos que compõe o combustível encontram-se indicados para todo o tipo de motores.

Comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *