O sistema Isofix em automóveis

O sistema Isofix em automóveis

O sistema Isofix tem vindo a ganhar relevância nas últimas décadas. Trata-se de um sistema que permite uma montagem segura, fácil e rápida de cadeirinhas infantis. O sistema está regulado a nível europeu. Para saber como funciona e o que é o Isofix em cadeirinhas, leia este artigo.

Como é que devo transportar uma criança?

O transporte de crianças em automóveis está regulado legalmente no código da estrada. Crianças até aos 12 anos de idade e com menos de 135 cm de altura devem estar seguras por um sistema de retenção durante viagens, isto é, por uma cadeira homologada e adaptada à sua altura e peso.

Normalmente, o transporte de crianças até aos 12 anos de idade e com menos de 135 cm de altura deve ser feito no banco de trás do veículo. Ainda assim, há algumas exceções. Crianças até aos 3 anos devem ser transportadas no banco do passageiro da frente quando seguem numa cadeirinha virada para a retaguarda. É importante desligar o sistema airbag nesta situação. Quando não há banco de trás ou quando não há cinto de segurança nesse banco, uma criança com mais de três anos pode ser transportada no banco da frente com uma cadeira infantil homologada.

O que é o sistema de fixação Isofix nos carros e como funciona?

O que e isofix cadeirinha

O sistema Isofix é um sistema que foi concebido para garantir uma montagem fácil e segura de cadeiras para bebés e crianças. O sistema está padronizado segundo a norma 13216 da Organização Internacional de Normalização (ISO) e foi implementado na Europa a partir do ano 1995. Há uma homologação universal e específica de assentos infantis Isofix para determinados modelos automóveis. A homologação é provada por meio de um dístico no componente.

Este sistema de fixação é relativamente comum em automóveis modernos e requer que o veículo e a cadeira sejam compatíveis. A cadeira e o carro devem, portanto, apresentar os devidos elementos de fixação. 

A fixação de uma cadeira no veículo requer dois pontos de ancoragem em forma de barra. As barras têm um diâmetro de 6 mm e estão seguramente fixadas à carroçaria, encontram-se entre o assento e o seu encosto, geralmente na retaguarda do carro. Em determinados modelos é possível usar este sistema também no assento do passageiro dianteiro. Alguns fabricantes automóveis exigem um custo adicional para a montagem de pontos de ancoragem.

Correspondentemente, a cadeira infantil Isofix possui dois fixadores rígidos em forma de gancho que são encaixados nos pontos de ancoragem do automóvel. O sistema requer também um terceiro ponto de apoio, para impedir a rotação do assento infantil. Consoante o modelo, a fixação suplementar pode ser conseguida por meio de um pé de apoio ou de uma cinta esticável. O pé fixa a cadeira infantil contra o chão do carro. Se a fixação suplementar for conseguida por meio de uma cinta, é feita pela parte superior da cadeirinha. O ponto de ancoragem encontra-se no porta bagagens ou no reverso do encosto.

Quais as vantagens e desvantagens do sistema Isofix?

O sistema Isofix para cadeiras infantis caracteriza-se, em particular, pela sua facilidade de uso e segurança de montagem. Estudos indicam que uma montagem errada do assento infantil está na origem da maioria das lesões que ocorrem em crianças que são transportadas em cadeirinhas, em particular quando estas são fixadas por meio do cinto de segurança do carro. Nestes casos, o cinto de segurança não é, portanto, usado segundo as instruções. O sistema isofix evita este problema grave pela sua clareza de montagem.

Ainda que a segurança do sistema seja alta, há, também, algumas desvantagens. Nem todas as cadeirinhas Isofix são compatíveis com todos os modelos de automóveis. Certos fabricantes não atribuem uma homologação geral para as cadeirinhas, o que restringe as opções do proprietário. Além disso, em carros compactos, o assento infantil Isofix pode ocasionalmente tapar o elemento de fixação do cinto de segurança, o que torna o seu uso impossível. Outro aspeto a considerar é que estes assentos infantis ocupam muito espaço e, como tal, geralmente apenas cabem dois em veículos ligeiros, sendo que o espaço central entre as cadeiras fica inutilizável. 

Quais os aspetos mais importantes na compra de uma cadeirinha?

Antes da compra de uma cadeirinha deve obviamente informar-se sobre a gama de produtos disponíveis e testar os produtos em questão. Assim, pode fazer sentido consultar testes feitos aos diferentes modelos. Tenha em atenção que as metodologias de teste diferem e podem apenas referir-se à montagem e não ao comportamento concreto da cadeira infantil durante um acidente. Antes da compra convém também verificar se a cadeira está homologada para o modelo de carro em questão, se a montagem é possível e se a criança se sente confortável na cadeirinha. A homologação pode ser verificada junto do fabricante. 

Alguns assentos Isofix podem também ser fixados por meio do cinto de segurança. Isto pode ser relevante se estiver a pensar trocar de um veículo que não disponha de sistema Isofix para um que disponha.

Sistema isofix para cadeira infantil

Poderá fazer sentido considerar a compra de uma cadeirinha com características particulares. Há no mercado designs indicados, por exemplo, para crianças com necessidades especiais ou displasia da anca. Há, também, modelos que são ajustáveis ao crescimento da criança.

Como instalar uma cadeirinha com Isofix?

Em qualquer dos casos recomenda-se a leitura do livro de instruções do componente antes de usar o Isofix. Deste modo poderá assegurar-se de que tem noção de todos os aspetos importantes e que possibilita a máxima segurança possível à criança durante a viagem. Um aspeto importante é que os cintos da cadeirinha devem estar relativamente justos ao corpo da criança, para evitar que esta possa saltar durante uma travagem. Se montar uma cadeirinha no assento frontal, confira as instruções do airbag.

 Regra geral, a montagem de cadeiras Isofix passa pelo seguinte: 
  1. Preparar o fácil acesso aos pontos de ancoragem, caso necessário.
  2. Preparar os ganchos da cadeirinha, para que coincidam com os pontos de ancoragem.
  3. Colocar a cadeira no assento, geralmente no da traseira.
  4. Se o encosto da cabeça dificultar a montagem, desmontá-lo.
  5. Encaixar os ganchos do assento infantil nos pontos de ancoragem.
  6. Verificar se os ganchos estão bem presos. Em alguns modelos isto é assinalado por uma peça verde.
  7. Fixar e ajustar a cinta superior ou o pé de apoio.
  8. Verificar se a cinta ou o pé de apoio está seguramente fixado.

    Comentários – 1

  • @M. M.28.03.2022
    Membro

    Boa tarde. Tenho uma carrinha Megane de dezembro de 2004. Gostaria de saber qual o sistema isofix devo escolher para a compra de uma cadeirinha. Pode ajudar-me? Obrigado

    Responder

Comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *