Os melhores carros a GPL 2021

Os melhores carros a GPL 2021

O GPL (gás de petróleo liquefeito) designa hidrocarbonetos parafínicos de mistura variável obtidos como produtos secundários durante a refinação de petróleo bruto e a transformação de gás natural. É constituído principalmente por propano e butano. O gás de petróleo é liquefeito sob pressão para fins de transporte e armazenagem e pode ser utilizado como combustível automóvel, habitualmente em paralelo com gasolina. Há que distinguir entre veículos a gás de petróleo liquefeito e a gás natural comprimido (GNC).

O uso de GPL em automóveis é comparativamente pouco difundido e exige uma tecnologia adequada ao propósito. Em Portugal há atualmente no mercado modelos da Renault e da Dacia que estão equipados de fábrica com um sistema bi-fuel a gasolina e a GPL. Outra possibilidade é a conversão de um automóvel que apenas dispõe de sistema de combustível a gasolina de modo a que passe a poder utilizar o GPL.

Carros a GPL novos em Portugal

Dacia

Dacia Sandero

O Dacia Sandero ECO-G 100 Bi-Fuel dispõe de um sistema de combustível GPL e gasolina de fábrica. O motor debita uma potência máxima de 101 cv e tem um binário máximo de 170 Nm, acelera dos 0-100 km/h em 11,6 s e atinge uma velocidade máxima de 183 km/h. O consumo médio deste carro a GPL (NEFZ) é de 6,5l/100km e as emissões de CO2 combinadas (WLTP) são de 106 g/km. Este Sandero está disponível nas versões Essential e Comfort. Consoante a versão, o seu preço com IVA varia entre 11.700 € e 13.700 €.
O Dacia Duster ECO-G 100 Bi-Fuel dispõe de um sistema de GPL integrado de fábrica, bem como de um sistema de combustível a gasolina. O seu motor gera uma potência máxima de 101 cv e tem um binário máximo de 170 Nm. Acelera dos 0-100 km/h em 13,8 s e atinge uma velocidade de ponta de 173 km/h. O consumo médio (NEFZ) é de 7,3 l/100km e as emissões de CO2 combinadas (WLTP) são de 126 g/km. O Duster ECO-G 100 Bi-Fuel está disponível nas versões Comfort, Prestige e Dacia Go. O preço com IVA varia entre 16.215 € e 18.365 € dependendo da versão.

Renault

Renault Clio

O Renault Clio TCe 100 Bi-Fuel tem um sistema paralelo de combustível a GPL e a gasolina. O motor de 100 cv e 160 Nm acelera dos 0-100 km/h em 12,5 s e atinge uma velocidade máxima de 188 km/h. O consumo total deste carro GPL é de 5,7 l/100 km e as emissões combinadas são de 109 g/km. O Clio TCe 100 Bi-Fuel está disponível nas versões Zen, Limited e Intens. O seu preço base com IVA é de 19.750 € e vai até aos 21.750 € consoante a versão.
A Renault tem no mercado o Captur TCe 100 Bi-Fuel que funciona tanto a gasolina como a GPL. O seu motor de 100 cv e 170 Nm de binário atinge uma velocidade máxima de 175 km/h. Tem um consumo médio (NEFZ) de 7,1 l/100km e as emissões de CO2 combinadas (WLTP) são de 121 g/km. Está disponível nas versões Yen e Intens. O seu preço com IVA varia de 21.740 € a 23.690 € consoante a versão.

Conversão para GPL

À parte destes carros a GPL novos disponíveis em Portugal há empresas especializadas e devidamente licenciadas na conversão de veículos para uso de GPL como combustível. Os estabelecimentos de fabrico, adaptação e arranjo destes sistemas são controlados pelo IMT. O processo de conversão pode ser levado a cabo com “kits de conversão” homologados e adequados para o efeito. A conformidade da conversão é atestada por um certificado que é emitido pela empresa instaladora e deve ser identificada com uma vinheta adequada no para-brisas. A circulação do veículo exige uma inspeção técnica extraordinária prévia a fim de garantir a segurança do veículo e a conformidade com os requisitos legais. 
A conversão prevê a montagem de vários componentes que asseguram o funcionamento e a segurança do sistema em caso de acidente. Uma conversão exige a montagem de um reservatório de combustível, de uma válvula limitadora do enchimento do depósito a 80 %, de um indicador de nível, de uma válvula de descompressão, de uma válvula de serviço telecomandada com válvula de limitação do débito, de um regulador de pressão e vaporizador, de uma válvula de interrupção telecomandada, de uma unidade de enchimento, de tubagens de alimentação e de transporte de gás, de um dispositivo de injecção de gás, de uma unidade de controlo electrónico e de um dispositivo limitador de pressão.

Carros a GPL Vantagens e desvantagens
 Carros a GPL: Vantagens e desvantagens: 
  • i Uma das vantagens normalmente atribuídas a carros a GPL é a sua eficiência de custos. De facto, o preço médio de GPL é consideravelmente mais barato que o de outros combustíveis fósseis correntes para automóveis. Contudo, o consumo de GPL é mais alto devido ao seu valor calorífico por volume comparativamente mais baixo. O aumento de consumo pode ser significativo e depende do motor, do sistema de combustível instalado, da composição do gás, bem como do estilo de condução.
  • i Outra vantagem a considerar em veículos equipados com sistema GPL é a redução da emissão de CO2 e de determinadas partículas poluentes, quando comparado com sistemas a gasolina. Contudo, no que respeita à componente ambiental, os carros a gás são tributados como veículos a gasolina e não pagam necessariamente menos IUC.
  • i Não obstante das vantagens, há que ter em conta as desvantagens de uma adaptação do automóvel. A primeira consequência óbvia de uma conversão são os custos que daí advêm. Estes não são necessariamente desvantajosos desde que o sistema seja usado de modo a assegurar uma maior eficiência de custos a longo prazo.
  • i De uma perspetiva técnica, há alguns aspetos a ter em conta. O uso deste combustível pode ser incompatível com alguns tipos de motores e exigir a necessidade de aditivos para garantir uma lubrificação devida das válvulas. Além do mais, pode anular a garantia dada pelo fabricante automóvel. Além disso, a rede de bombas de gasolina que oferece este tipo de combustível não é tão abrangente como a de outros combustíveis fósseis automóveis. Isto pode por vezes tornar-se dispendioso, se as distâncias a percorrer para um abastecimento forem muito longas.

A conversão vale a pena?

A conversao vale a pena

Regra geral, do ponto de vista económico a conversão para um sistema GPL é particularmente interessante para quem percorre anualmente muitos quilómetros (por exemplo táxis). Recomenda-se a instalação de um sistema deste tipo num veículo em bom estado, para garantir que o tempo de uso do veículo seja suficiente para amortizar o investimento. Além do mais, recomenda-se um uso frequente ou constante deste combustível após a conversão para conseguir de facto uma poupança significativa. De qualquer modo, recomenda-se que seja efetuado um cálculo de custos para cada caso específico a fim de assegurar a eficiência económica do investimento.

Comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *