Motores JTD: características funcionais

Motores JTD: características funcionais

JTD é uma série de motores a diesel equipados com um sistema de injeção direta Common Rail, produzida pela Fiat Chrysler Automobiles. São instalados em veículos Fiat, Lancia e Alfa Romeo. Chrysler, Jeep, Maserati, RAM e alguns outros carros também são equipados com ela. Estes são produzidos desde 1997. Estes foram os primeiros motores a terem um sistema de injeção direta Common Rail – um desenvolvimento colaborativo da Fiat e da Bosch. Alguns motores JTD foram desenvolvidos em cooperação com a General Motors. Todos eles estão equipados com turbocompressores twin ou de geometria variável. Caracterizam-se por potência elevada, fiabilidade e economia de combustível.

Motores JTD populares

Código do motor Nome da versão Capacidade  (l) Número e organização dos cilindros Número de válvulas Potência (cavalos) Binário máximo do motor (Nm) Início da produção Aplicações do modelo
182 B4.000; 182 B9.000; 186 A8.000; 192 A3.000; 182 B9.000; 223 B2.000; 937 A2.000; 186 A6.000; AR 32302; 188 A7.000; 937 A7.000 Unijet; desde 2002, MultiJet 1.9 4, em linha 8 80–140 195–280 1997 Alfa Romeo 146; Fiat Brava; Alfa Romeo 156; Fiat Punto; Alfa Romeo 145; Alfa Romeo 147; Fiat Bravo; Fiat Stilo; Lancia Lybra; Fiat Croma; Fiat Doblo; Fiat Sedici; Lancia Delta
192 A5.000; 937 A5.000; 937 A4.000; 192 B1.000; 186 A9.000 MultiJet 1.9 4, em linha 16 140–190 305‒400 2002 Fiat Doblo; Fiat Croma; Alfa Romeo GT; Alfa Romeo 147; Alfa Romeo 156 
188 A9.000; 199 A2.000; 188 A8.000; 199 B2.000; 223 A9.000; 199 B8.000; 199 B4.000; 199 A3.000 MultiJet 1.3 4, em linha 16 70–105 170 2003 Fiat Punto; Fiat Albea; Fiat Panda; Lancia Ypsilon; Fiat Idea; Fiat FiorinoAlfa Romeo MiTo; Fiat Palio; Fiat 500; Fiat Doblò; Fiat Qubo; Fiat Tipo; Lancia Musa
955 A3.000; 350 A3.000; 844 A3.000; 350 A2.000; 198 A6.000; 198 A3.000; 955 A4.000; 198 A2.000  Multijet  1.6  4, em linha 16 105–120 290–320 2006 Alfa Romeo Mito; Fiat Bravo; Alfa Romeo Giulietta; Fiat 500L; Fiat Grande Punto; Fiat Doblò; Fiat Linea; Fiat Idea; Fiat Tipo
844 A2.000; 198 A8.000; 55263087; 198 A5.000; 250 A2.000; 263 A1.000; 55263088; 250 A1.000; 939 B4.000; 940 B5.000; 939 B4.000; 940 A7.000 Multijet II 2.0 4, em linha 16 110–195 260–380 2008 Lancia Delta; Alfa Romeo 159; Fiat Doblò; Fiat Bravo; Fiat Freemont; Alfa Romeo Giulietta; Fiat Sedici; Fiat Ducato; Alfa Romeo 159; Fiat Croma
839 A5.000; 185 A6.000; AR 32501; 839 A6.000; AR 34202 Unijet 2.4 5, em linha 10 136–150   1997 Fiat Marea; Fiat Marea Weekend
841 N.000; 841 M.000; 841 G.000; 841 H.000; 939 A3.000 Multijet  2.4 5, em linha 20 175–210 385–400 2003 Alfa Romeo 156 Alfa Romeo 166; Fiat Croma; Alfa Romeo 156 Sportwagon
F1AE0481D; F1AE0481N; F1AE0481C; F1AE3481E; F1AE6481D Multijet 2.3 4, em linha 16 110–148 270–380 2006 Fiat Ducato

Avarias comuns dos motores JTD

AvariasMotores
Em versões com um coletor de admissão plástico, as borboletas de admissão podem rasgar e danificar o motor, se caírem nas câmaras de combustão.1.9 MultiJet 16v; 2.4 MultiJet 20v.
Se o óleo não for trocado a tempo, os injetores de combustível podem ficar entupidos rapidamente. Não duram muito após a limpeza.1.9 MultiJet.
O óleo queima rapidamente, o que pode fazer a corrente de distribuição saltar.1.3 MultiJet. 
A corrente de distribuição tem uma vida útil curta. Os balanceiros podem ficar danificados, se partir.1.3 MultiJet.
A centralina avaria no frio intenso, impossibilitando o arranque do motor.1.3 MultiJet. 
O refrigerante começa a vazar sob o termostato, o que pode causar o sobreaquecimento do motor. Em algumas versões, o termostato em si tem tendência a rachar.1.3 MultiJet; 1.6 MultiJet; 2.0 Multijet II.